Notariado Jovem abre Concurso de artigos jurídicos para o evento Cone Sul no Paraguai
Publicado em 31/01/2018

Estão abertas as inscrições do concurso de artigos para a XX Jornada do Notariado Jovem do Cone Sul, que será realizada entre os dias 17 e 19 de maio, na Cidade do Leste, no Paraguai. O autor do trabalho vencedor ganhará a inscrição para a participação no evento, com seu trabalho recomendado pelo Brasil.

 
Os associados do Notariado Jovem Brasileiro poderão escolher entre os seguintes temas: O futuro do notariado - O Cyber Notário (redes sociais) e E-commerce e a função notarial ou O notariado na prevenção de lavagem de dinheiro.

 
Segundo Talita Seiscento Baptista, uma das coordenadoras do Notariado Jovem brasileiro, o grande objetivo do programa do Colégio Notarial do Brasil é capacitar e aprimorar a atividade notarial, além de promover a integração dos jovens notários.

 
“A participação no concurso é muito importante para a troca de conhecimento, além de estimular o estudo e a atualização de informação. Precisamos nos preparar para participar dos eventos internacionais com uma grande equipe”, disse a coordenadora.

 
Segundo Talita, “o incentivo do Colégio Notarial com a abertura do concurso com premiação é muito importante para que cada vez mais notários e escreventes participem desse grande projeto que é o Notariado Jovem”, declarou.

 
Os artigos podem ser enviados por e-mail para ascom@notariado.com.br até o dia 30 de março, e devem ser redigidos em português. Posteriormente os trabalhos deverão ser traduzidos em espanhol para o evento no Paraguai. No corpo do e-mail deverá conter nome, endereço e telefone de contato do participante.

 
Além disso, os trabalhos devem ter de 10 a 25 páginas, não entrando nessa conta a apresentação, índice e bibliografia; o tamanho do papel é A4; a fonte Arial e com tamanho 12; espaçamento 1,5; margem superior 2,5 cm, inferior 1,5 cm, esquerdo 3,5 cm; direito 1,5 cm; e as páginas devem estar numeradas.

 
Os artigos serão avaliados por Eduardo Calais, presidente do Colégio Notarial de Minas Gerais (CNB/MG); Filipe Andrade Lima Melo, vice-presidente do Colégio Notarial do Brasil (CNB); e Wendell Salomão, escrevente do 5° Tabelião de Notas de Ribeirão Preto (SP).

 
“A grande importância desse concurso é ter a oportunidade de concorrer com o artigo para publicação e explanação internacional dentre os países membros do Cone Sul”, disse Wendell Salomão, outro dos coordenadores do projeto do Notariado Jovem.

 
“A importância dos jovens notários é para o desenvolvimento da classe notarial. Os jovens de hoje representam o futuro do notariado agregados às novas tecnologias e ao intercâmbio mundial de negociações”, completou Salomão.

 
Fonte: Assessoria de Imprensa

 
 


Voltar
Compartilhar:
Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Imprimir Email This Compartilhe no Delicious Mais...