Conselho Federal entregará Ordem do Mérito Notarial durante XXIII Congresso Notarial
Publicado em 15/05/2018

A abertura do XXIII Congresso Notarial Brasileiro no próximo dia 16 de maio será marcada também pela entrega da Ordem do Mérito Notarial, homenagem institucional do notariado brasileiro que será concedida a Carlos Luiz Poisl, tabelião fundador do Colégio Notarial do Brasil Seccional Rio Grande do Sul (CNB/RS), e Zeno Veloso, notário e jurista consagrado nacionalmente.
 
A Ordem do Mérito Notarial foi criada pelo Colégio Notarial do Brasil e teve seu regulamento aprovado no dia 15 de agosto de 2014. Segundo as normas, poderá ter o nome inscrito na Ordem quem tenha contribuído de forma especial para o desenvolvimento da atividade notarial no País
 
De acordo com Paulo Roberto Gaiger Ferreira, presidente do Colégio Notarial do Brasil - Conselho Federal (CNB/CF), a homenagem visa destacar notários ou pessoas que tenham exercido no Brasil a delegação notarial de forma exemplar, podendo ser premiadas autoridades notariais estrangeiras, pessoas que tenham se destacado na defesa dos interesses notariais ou contribuído de forma especial para o desenvolvimento da função ou da atividade notarial.
 
Segundo o presidente do CNB/CF, Carlos Luiz Poisl e Zeno Veloso serão homenageados por serem dois mestres do notariado brasileiro. “Poisl é ao mesmo tempo arquiteto e operário do Direito Notarial. Viveu a sua profissão com humanismo, fundou a União Internacional do Notariado (UINL) e o Colégio Notarial do Brasil. Hoje, aposentado, segue riquíssimo de ideias, de participação doutrinária, dialogando e estimulando o debate notarial”, disse.
 
“Já Zeno é um civilista de reconhecimento mundial. Seu livro Testamentos, hoje esgotado, é a nova pedra basilar da sucessão testamentária no Brasil. Seu papel como fundador e construtor do IBDFAM, construindo o que chamamos do novo Direito de Família, estudando e trabalhando sobre as relações afetivas modernas, é reconhecido por toda a comunidade jurídica. Seu destaque é tão grande que muitas pessoas desconhecem que ele é tabelião. É um orgulho conviver com duas pessoas desta grandeza. Nossa homenagem é uma flor, um mimo, que eles merecem tanto e tanto”, declarou.
 
Entenda a homenagem
 
Conforme as regras, a homenagem possui três classes de homenageados:
 
I – notários ou pessoas que tenham exercido no Brasil a delegação notarial de forma exemplar;
II – autoridades notariais estrangeiras;
III – outras pessoas que tenham se destacado na defesa dos interesses notariais ou contribuído de forma especial para o desenvolvimento da função ou da atividade notarial.
 
Segundo o presidente “a maior importância da homenagem é reconhecer o trabalho de pessoas que se dedicam, por vezes anonimamente, seja no campo científico, profissional ou na construção institucional, no aperfeiçoamento das instituições brasileiras, em especial a notarial”, finalizou.

Fonte Assessoria de imprensa


Voltar
Compartilhar:
Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Imprimir Email This Compartilhe no Delicious Mais...